• Para um elegante desfile

O deque de cumaru se estende até a passarela que liga a piscina aos ambientes sociais, trazendo elegância ao espaço de lazer. Em contraste com o marrom, as águas recebem tonalidade azul-turquia da cerâmica (Brennand) por seus 260 m². Projeto do arquiteto Pedro Motta, de Recife, PE, desenvolvido em co-autoria com André Reis, do escritório de Motta. [2]
  • Passeio rústico

A ponte é caminho obrigatório para os vistantes que desejam chegar à entrada da morada. Ela destaca o limite entre a piscina, com 30 m², e sua transformação em espelho d’água, com 20 cm de profundidade, cujo desenho acompanha a natureza ao redor. Projeto da Construtora RRG, de São Paulo, SP. [1]

TRAVESSIAS SOBRE PISCINA SÃO FACILITADAS POR PASSARELAS

postado em: Dicas, Manutenção | Comments

Além da função de passar de um lado a outro, conectar espaços e evitar contornar a piscina, as passarelas agregam charme e beleza aos projetos. Pontes e pisantes podem fazer a conexão entre alas, separação entre partes profundas e rasas e ainda decorar a área de lazer mais requisitada durante o verão.
Não há extensão mínima nem máxima, portanto, a arquiteta Glaucia Cavalcante Macedo, de Recife, PE, alerta que as passarelas não devem se prolongar muito, pois, geralmente não possuem corrimão, o que poderia ocasionar acidentes ao longo da travessia. Já quanto a largura, ela afirma que o ideal é ter mais de 70 cm, para que uma pessoa passe tranquilamente.
Referente ao material, a profissional diz que a preferência é pela madeira, devido a facilidade de manuseio e por combinar com os deques feitos no mesmo tipo. Além disso, neste revestimento há opções de passarelas removíveis, que podem ser retiradas quando necessário. “Se vai ter uma festa com crianças por exemplo, você tira e evita que elas fiquem atravessando”. Mas se utilizar outro componente, como o concreto, ela alerta para o uso de revestimentos antiderrapantes, para que não haja escorregões.
Gostou da ideia? A revista Piscinas & Churrasqueiras separou três projetos que utilizam passarelas para você ter como inspiração.

Fica a Dica

Passeio rústico A ponte é caminho obrigatório para os vistantes que desejam chegar à entrada da morada. Ela destaca o limite entre a piscina, com 30 m², e sua transformação em espelho d’água, com 20 cm de profundidade, cujo desenho acompanha a natureza ao redor. Projeto da Construtora RRG, de São Paulo, SP. [1]
Passeio rústico
A ponte é caminho obrigatório para os vistantes que desejam chegar à entrada da morada. Ela destaca o limite entre a piscina, com 30 m², e sua transformação em espelho d’água, com 20 cm de profundidade, cujo desenho acompanha a natureza ao redor. Projeto da Construtora RRG, de São Paulo, SP. [1]
Para um elegante desfile O deque de cumaru se estende até a passarela que liga a piscina aos ambientes sociais, trazendo elegância ao espaço de lazer. Em contraste com o marrom, as águas recebem tonalidade azul-turquia da cerâmica (Brennand) por seus 260 m². Projeto do arquiteto Pedro Motta, de Recife, PE, desenvolvido em co-autoria com André Reis, do escritório de Motta. [2]
Para um elegante desfile
O deque de cumaru se estende até a passarela que liga a piscina aos ambientes sociais, trazendo elegância ao espaço de lazer. Em contraste com o marrom, as águas recebem tonalidade azul-turquia da cerâmica (Brennand) por seus 260 m². Projeto do arquiteto Pedro Motta, de Recife, PE, desenvolvido em co-autoria com André Reis, do escritório de Motta. [2]
Via:casadois.com.br